O fígado e seus segredos

Image result for O fígado e seus segredos

Considerado o principal órgão do corpo onde alma e emoções habitam, pelos Mesopotâmios que acham que o prazer e o fígado tem uma ligação e compartilham da mesma raiz

O fígado é um órgão subestimado em sua dimensão e complexidade pelos maiores especialistas, ele é o único órgão do corpo humano que tem o poder de se regenerar rapidamente, e depois do cérebro ele está em segundo lugar na lista pendente e contém mais de 300 itens. Além de seu poder de regeneração ele também é responsável por transformar tudo que comemos em ingredientes para nossas células e neutralizar o que for nocivo para o corpo controlando também a química do sangue.

A Dra. Anna Lok, presidente da Associação Americana para o Estudo do Fígado e diretora de Hepatologia Clínica da Universidade de Michigan diz que: “Você pode deixar os pulmões em ventiladores mecânicos que respiram para você, mas se o fígado falhar, não há nenhuma máquina para substituir todas as suas várias funções, e a melhor opção é um transplante.”

Um estudo recente mostrou que o fígado aumenta e diminui em até 40% a cada 24 horas. Os cientistas também descobriam que os sinais que ele envia podem ajudar em nossas escolhas alimentares, principalmente em quando há vontade de comer doce. Os hepatócitos que são ativados metabolicamente, constituem em até 80% do fígado e não tem nenhuma característica de qualquer outra célula do corpo. Seu composto cromossômico é único.

O que se espera dessas pesquisas é a descoberta sobre o desenvolvimento do fígado e seu desempenho em produzir novas curas de mais de 100 doenças que atingem o corpo como a obesidade e diabetes. O fígado não é um corpo muito sexy, não parece importante apenas parece uma grande confusão. No entanto, é vital discretamente na torre do organismo de controle e os hepatócitos que compreende são surpreendentes.

Sendo o maior órgão interno, o fígado pesa 1,6 quilo e possui 15 centímetros de comprimento, tem sua massa em cor castanha avermelhada com quatro lados de tamanho desigual e se estende do lado superior direito da cavidade abdominal em baixo do diafragma acima do estômago. Ele vive sempre banhado de sangue e utiliza 13% do sangue do corpo.

Durante o seu desenvolvimento as células sanguíneas têm como origem o fígado, embora seja uma tarefa da medula óssea. A maioria dos órgãos possuem uma fonte de sangue, porém o fígado possui duas, a artéria hepática que leva o sangue rico em oxigênio do coração e da veia hepática que depositam sangue drenado no intestino e baço. O fígado transporta o sangue dos alimentos e faz a conversão, desintoxicação e armazenamento dos que não presta para a eliminação. “Tudo o que você está colocando na boca deve passar pelo fígado antes”, disse Lok.

Além disso ele libera a glicose conforme necessário junto com as vitaminas, minerais, aminoácidos e outros nutrientes necessários para nosso corpo. O fígado recebe muitas coisas ruins e se seus componentes forem danificados é necessário uma substituição.