Os mosquitos possuem arcada dentária e outras curiosidades desconhecidas por muitas pessoas

Alguns fatos curiosos sobre os insetos encontrados por todo o mundo, quase não são do conhecimento da maioria das pessoas. Uma das curiosidades encontradas nos mosquitos, que fazem parte da vida das pessoas em todo o mundo, e também por todo o nosso território nacional, é de que eles possuem 47 dentes. Mas esse número passa longe da quantidade de dentes que possui o tubarão baleia, por exemplo, com impressionantes 4,5 mil dentes. Outro exemplo de animal que possui também um grande número de dentes é o peixe-gato, com 9.280 dentes.

Com tamanhos que variam de 4 a 6 mm de acordo com a espécie, esses mosquitos apresentam outro fator curioso, já que somente as suas fêmeas mordem as pessoas e os animais. As fêmeas do mosquito absorvem as proteínas encontradas no sangue, utilizando essas proteínas para nutrir os seus ovos. A alimentação dos machos consiste no néctar encontrado em flores e certos vegetais.

Os mosquitos apresentam mais de 2700 espécies diferenciadas, e cerca de cinquenta delas possuem resistência de no mínimo um inseticida.

De acordo com a espécie, o mosquito pode colher até cinco milionésimos de sangue. Esta quantidade por exemplo, é a que é coletada pela fêmea da espécie do  Aedes Aegypti.

O mosquito depende do seu nervo sensorial que fica no estômago, para saber quando está satisfeito e não precisa absorver mais sangue. Se esse for retirado, o mosquito se perde e suga tanto sangue, que acaba estourando.

A presa é encontrada pelos mosquitos através da sua visão. Os corpos quentes das presas lançam radiações infravermelhas e mostras químicas mandam dados para esses insetos, que também são envolvidos pelo dióxido de carbono, pelo ácido láctico e alguns outros.

As larvas colocadas pelos mosquitos podem ser exterminadas com uma dose de azeite, colocada sobre a água em que elas estão. A larva respira por um pequeno tubo e o azeite bloqueia a passagem de ar.

A velocidade média alcançada pelo mosquito é de 1,6 a 2 quilômetros horários. Outra curiosidade é que a saliva dos mosquitos está associada com certos venenos de animais, como o dos ratos. Tanto a saliva quanto o veneno possuem elementos anticoagulantes, que são substâncias que têm a finalidade de impedir que o sangue entre em um estágio de coagulação.