ONU examina influência de combustíveis fósseis no processo de negociações climáticas

Resultado de imagem para combustíveis fósseis

Os ativistas dizem que deve haver um maior escrutínio dos órgãos da indústria que estão envolvidos nas negociações climáticas da ONU. Grupos ambientalistas alegam que as indústrias de combustíveis fósseis estão financiando uma série de empresas e participantes da indústria nestas negociações. Esses grupos devem ser restritos, dizem os ativistas, pois eles dizem que seu objetivo é retardar ou descarrilar o progresso.

Representantes empresariais dizem que a discussão é uma tentativa de censura. Na última reunião em Bonn, a ONU convocou um curso intensivo especial sobre o papel das organizações observadoras que compõem uma proporção significativa dos participantes nestes eventos. Alguns países, incluindo Índia, China, Indonésia e Equador, pedem regras mais claras e mais rígidas em torno de potenciais conflitos de interesse.

Um relatório recente da Corporate Accountability International forneceu detalhes sobre o que o grupo afirma serem as conexões entre indústrias de combustíveis fósseis e organizações não-governamentais de negócios (ONGs) com ligações ao processo de negociações climáticas da ONU.

“Existem mais de 270 ONGs empresariais e industriais credenciadas na UNFCCC”, disse Jesse Bragg, da Corporate Accountability International à BBC News. “Muitos desses grupos representam os interesses das empresas de combustíveis fósseis em todo o mundo.” “O que muitas partes estão dizendo agora é que precisamos dar uma olhada nas vozes que queremos ouvir no processo de tomada de decisões climáticas.”

Quando perguntado quais as diferenças entre a indústria e os grupos verdes que tentam influenciar o processo, o Sr. Bragg disse: “Grupos ambientais representam o interesse público – esses grupos empresariais representam os interesses financeiros de certas indústrias. Fundamentalmente, estamos falando de representar pessoas ou representar lucros”.

Os defensores de regulamentos mais rígidos dizem que o exemplo da Organização Mundial de Saúde é um bom modelo para as negociações climáticas. A indústria do tabaco não está autorizada a fazer parte das negociações relativas ao Tratado Global do Tabaco. No entanto, um dos grupos que tem sido sustentado no relatório como tendo interesses conflitantes tem fortemente rejeitado a ideia de que ele já participou do processo de negociações climáticas da ONU.

A National Mining Association (NMA) é um órgão dos EUA que representa os interesses de mais de 300 empresas e organizações envolvidas na extração de carvão e recursos minerais. “A NMA está registrada como retirada dessas discussões e instando nosso governo a fazer o mesmo”, disse Luke Popovich, vice-presidente da NMA à BBC News. “Estamos listados em um site da UNFCCC como um observador de um depósito há cerca de 10 anos que nunca foi ativado e nunca foi removido do site”.

Popovich também criticou a tentativa de grupos verdes e outros de restringir as organizações que promovem o uso de combustíveis fósseis de ter um papel nas discussões da ONU.

“Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar” traz Paul MacCartney como carcereiro

Resultado de imagem para Paul McCartney Piratas do Caribe

Com estreia para maio, ‘Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar’ terá um convidado ilustre: o ex-beatle Paul MacCartney. O pôster em que aparece como um pirata carcereiro foi divulgado em seu twitter e é a primeira oficial do personagem. Ele fará uma ponta no longa.

O lendário cantor da banda The Beatles trocou o visual discreto por uma barba cheia de dreadlocks e a fantasia de pirata para encarnar perfeitamente um guarda de masmorra sem nome.

No quinto filme da franquia ‘Piratas do Caribe’, Jack Sparrow (Johnny Depp) precisa lidar com o capitão Salazar (Javier Bardem), que lidera um exército de piratas fantasmas com o objetivo de matar todos os piratas da terra. A única forma de escapar é o protagonista encontrar um Tridente de Poseidon, o objeto que confere ao dono o poder de controlar o mar. Só que, para encontrar o artefato, ele precisará fazer uma aliança com a astrônoma Carina Smith (Kaya Scodelario) e com Henry (Brenton Thwaites), um marujo da Marinha Real.

Paul MacCartney não é o primeiro rockeiro a emprestar seu talento para as telonas; Keith Richards (Rolling Stones) participou dos últimos dois filmes da franquia como o pai do capitão Jack Sparrow após Johnny Depp afirmar que se inspirou no cantor para a caracterização de seu personagem. Paul MacCartney já havia feito filmes na década de 70 como ‘A Hard Day’s Night’ e ‘Yellow Submarine’, mas essa será a primeira vez que encarna um papel diferente, já que nas duas anteriores ele aparecia como ele mesmo.

Trailer com a frase “A Aventura Final” indica final da franquia

Os quatro filmes anteriores arrecadaram mais de US$ 3,7 bilhões no mundo, fazendo de ‘Piratas de Caribe’ a franquia mais lucrativa de Hollywood.

Após a divulgação do trailer do filme, houve rumores de que ‘A Vingança de Salazar’ seria o último da franquia. Um dos diretores, Joaquim Rønning não deu certeza, mas em conversa com o Hollywood Reporter, o diretor disse que longas de aventura como esse é que fizeram-no ter o sonho de virar cineasta, e que o sonho já está sendo realizado. Mas no fim, desejou que a franquia continuasse.

Além dos já citados como Javier Bardem e Paul MacCartney, estão no elenco Kevin Macnally, Geoffrey Rush, Orlando Bloom e Golshifteh Farahani. ‘Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar’ estreia em maio nos cinemas brasileiros.

 

Algumas curiosidades da Suíça

Resultado de imagem para Algumas curiosidades da Suíça

A Suíça é um pequeno país no centro da Europa, com uma população de pouco mais de oito milhões, e com quatro idiomas oficiais: francês, italiano, alemão e uma língua pouco conhecida chamado romanche. Suas belas paisagens e a sua organização, chamam a atenção para esse país, que funciona de maneira delicada e perfeita como a de um relógio.

O transporte mais usado na Suíça é o trem. Cada habitante viaja 2,2 mil quilômetros em média por ano, mais do que em qualquer outro país do mundo. É na Suíça que se encontra a estação mais alta da Europa, chamada Jungfraujoch, que fica a 3.454 metros de altura. Depois que se chega de trem na estação, um elevador leva os turistas até o observatório da estação em apenas 27 segundos, sendo o mais rápido da Suíça. A vista é maravilhosa, com o pico e a geleira Aletsch, se estendendo por mais de vinte quilômetros, sendo considerada a maior dos alpes.

Na Suíça, existe uma cidade que foi criada para ter uma característica bem diferente, chamada La Chaux-de-Fonds, sendo conhecida como a terra dos relojoeiros. Não se encontra na Suíça, nenhuma outra cidade como essa, com uma ligação tão forte com os relógios. La Chaux-de-Fonds é considerada patrimônio da humanidade, por essa sua característica única.

Esse país é o maior exportador de relógios do mundo, sendo conhecido pela arte e criatividade de seus modelos, passando pelos desafios da concorrência mundial. Modelos únicos são fabricados, como o relógio feito com pedaços de lavas de vulcão; outro com cobre da Estátua da Liberdade, da época que ela foi restaurada; e outro modelo único e exclusivo, foi feito do material recuperado do Titanic. Fazendo modelos tão especiais, a Suíça se destaca no mercado internacional, seguindo sua tradição como pioneira nesse segmento. Algumas de suas marcas mais famosas são: Rolex, Omega, Tissot, Tag Heuer, Cartier, Patek Philippe, Swatch, Chopard e Longines.

O mais criativo e precioso desses modelos, foi feito com materiais derretidos da Apolo 11, primeira nave que pousou na Lua e com poeira trazida de lá. O seu preço é de cerca de R$ 500 mil.

O tempo para que cada relógio fique pronto, é de cerca de dois anos. Esses materiais exclusivos para a sua fabricação, são adquiridos em leilões. O público alvo desses modelos exclusivos, são colecionadores, que buscam ter um pedaço da história fazendo parte da sua coleção.

Outra curiosidade da Suíça, acontece na cidade de Lausanne. Na catedral de Notre Dame, que fica no centro da parte medieval da cidade, um vigia grita a hora  nos quatro cantos da torre . Essa tradição já dura 600 anos e era assim que os moradores no passado, ficavam sabendo que horas eram. Essa catedral quando foi construída, pertencia aos católicos, mas depois da reforma religiosa no século 16, virou uma igreja protestante. Sem dúvida essa tradição, nos dias de hoje, desperta a nossa curiosidade.

 

 

 

7 dicas para estudar para o ENEM

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é uma avaliação composta por duas provas, aplicadas uma vez ao ano. Através desse exame, milhões de estudantes de todo o país concorrem a milhares vagas em universidades públicas e privadas em todo Brasil. As inscrições para a edição de 2017 serão abertas a partir do dia 8 de maio, podendo ser realizadas no próprio site do INEP.

Para quem vai participar do ENEM 2017, trouxemos 7 dicas e estratégias práticas para os estudos renderem mais. Confira:

  1. Mantenha o ambiente limpo e organizado

O cérebro não sabe lidar com bagunça. Objetos espalhaços e itens fora do lugar prejudicarão a atenção do participante. Mesmo que o seu quarto esteja bagunçado, é importante que o local de estudos esteja devidamente organizado.

  1. Estude com base em provas de edições anteriores

Essa é uma das melhores formas de se manter preparado para as provas do ENEM. Apesar de parecer óbvio, essa é uma boa estratégia para prever a versão dos exames dessa edição.

  1. Pratique bastante a redação

O nota da redação tem um peso importante no resultado final, por isso é importante estar devidamente preparado. A melhor forma de otimizar os estudos é realizando redações diárias, abordando temas da atualidade. Peça para um professor avaliar os textos, sempre apontando erros e o que pode (e deve) ser melhorado.

  1. Estude sozinho

Para o professor Pierluigi, estudar sozinho é a melhor maneira de se absorver conhecimento. Se reunir com os amigos, apesar de ser divertido, pode interferir na concentração e no foco que deve ser aplicado. Ao estudar sozinho, o participante absorverá mais o conteúdo, aplicando a matéria para si próprio.

  1. Se desligue de todas as distrações

Quando estiver estudando, saia das redes sociais e coloque o seu smartphone no modo silencioso. O foco deverá estar direcionado apenas para leitura, resolução de exercícios e redação. Reserve umas duas horas por dia para estudar. E dentro desse período, desligue todos os eletrônicos e dispositivos que possam causar algum tipo de distração.

  1. Esteja bem alimentado

Muitos participantes acabam deixando de se alimentar e, com isso, se sentem mal no momento das provas. Prefira alimentos leves, como frutas, biscoitos e iogurtes.

  1. Comece pelas questões mais fáceis

Ao visualizar as questões das provas, lembre-se de começar pelas mais fáceis. Tentar resolver uma questão difícil poderá causar um desgaste maior, afetando o desempenho do estudante. Comece pelas mais fáceis e lembre-se de ler com atenção o enunciado antes de marcar a resposta.

 

 

Estabelecimentos não podem reter gorjeta dos funcionários, noticia Marcio Alaor do BMG

Restaurantes, bares e demais estabelecimentos comerciais que se utilizam da cobrança de gorjeta, deverão repassar os valores aos funcionários, além de registrá-los na carteira de trabalho a partir do mês de maio. A nova situação é decorrente de uma alteração na Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) publicada no mês de março e que entra em vigor no dia 13 de maio. A lei 13.419, que versa sobre o assunto, estava em tramitação no Congresso Nacional desde 2007, reporta o vice-presidente do Banco BMG, Marcio Alaor.

O texto da lei interpreta o conceito de gorjeta como “não só a importância espontaneamente dada pelo cliente ao empregado, como também o valor cobrado pela empresa, como serviço ou adicional, a qualquer título, e destinado à distribuição aos empregados”, noticia o executivo do Banco BMG, Marcio Alaor. De forma complementar, a lei especifica a gorjeta como valor não constituinte de receita própria dos patrões e que deverá ser repassada aos funcionários, tendo sua distribuição ou rateios definidos em assembleia geral ou em acordo coletivo de trabalho.

É valido ressaltar que as empresas registradas nos sistemas de tributação diferenciados deverão fazer o lançamento das gorjetas nas notas de consumo. Também poderão reter até 20% do arrecadado para custeio de encargos sociais; o valor restante deverá ser direcionado de forma integral ao trabalhador. As empresas restantes poderão reservar até 33% da quantia arrecadada e repassar aos funcionários o percentual restante.

Todas movimentações referentes aos valores repassados ao trabalhador deverão ser anotadas no contracheque e carteira de trabalho, especificando o salário fixo e percentual redirecionado das gorjetas. Na situação em que o cliente entrega o valor diretamente ao funcionário, a distribuição das quantias será definida através de acordos coletivos ou convenções trabalhistas, Marcio Alaor, do BMG cita o trecho da lei: “Para empresas com mais de sessenta empregados, será constituída comissão de empregados, mediante previsão em convenção ou acordo coletivo de trabalho, para acompanhamento e fiscalização da regularidade da cobrança e distribuição da gorjeta”.

Trabalhadores e entidades comemoram

As entidades e associações que representam os garçons e demais trabalhadores da rede hoteleira comemoraram as novas medidas. Para Antonio Francisco dos Anjos, presidente do Sigabam (Sindicato dos Garçons, Barmen e Maitres do Rio de Janeiro) a nova legislação representa uma vitória aos trabalhadores. Segundo ele “A gorjeta entrava no bolso do trabalhador, mas não havia regras claras, não fazia parte do contracheque. E a vida da gente é o nosso contracheque”, noticia o executivo do BMG, Marcio Alaor.

Lei prevê punições

Para aqueles estabelecimentos que descumprirem a nova regra a punição prevista é de multa de 1/30 da média da gorjeta, aplicada diariamente. Caso a conduta seja repetida por um período superior a 60 dias, durante o decurso de um ano, o valor poderá ser triplicado.

Dez anos de tramitação

O projeto, apresentado ano Congresso em fevereiro de 2007, é de autoria de Gilmar Machado, deputado federal (PT-MG) e foi aprovado apenas em março de 2017, mais de dez anos depois, noticia Marcio Alaor, vice-presidente do Banco BMG.

 

 

Quem é Neil Gorsuch?

 

Resultado de imagem para Neil Gorsuch

O mais novo juiz do Supremo Tribunal, Neil Gorsuch, é o grande alvo no momento de ataques dos liberais ansiosos por minar a escolha do presidente Trump para a alta corte. No entanto, suas histórias pessoais e acadêmicas são amplamente admiradas em todo o espectro político. Trump descreveu Gorsuch como “perfeito em quase todos os sentidos” para a alta corte.

Gorsuch, que compareceu perante o Comitê Judiciário do Senado no início do mês de abril, é rotundamente descrito por colegas e amigos como uma combinação de inteligência perversa, modéstia no chão, desarmando calor e cuidadosa deliberação. Os críticos em grande parte concordam. Mas eles não pensam que ele pertence ao tribunal, dizendo que ele é muito rápido apelando para os interesses conservadores e empresariais à custa do trabalho dos americanos e dos pobres.

Gorsuch, de 49 anos, já serviu há mais de 10 anos como juiz de apelação no Colorado, nomeando-se no molde do falecido juiz Antonin Scalia, o poder conservador que ele substituiria. Ele ficou conhecido por suas opiniões claramente escritas e sua abordagem como um “textualista” que permanece dentro dos limites da lei e precedentes estabelecidos. Mas algumas de suas decisões e escritos externos, levaram os críticos a dizer que ele tende a favorecer interesses poderosos sobre os americanos comuns.

Os críticos citam o caso de um motorista de caminhão demitido por deixar seu trailer de carne no lado de uma estrada de Illinois depois de quebrar em uma noite fria em 2009, temendo que ele congelasse até a morte. Entre outras preocupações está a opinião de Gorsuch sobre suicídio assistido e eutanásia. Ele deixou claro em seu livro de 2006 e outros escritos que ele não é um fã.

Médicos, companhias de seguros e os mais saudáveis na sociedade, ele argumenta, podem procurar maneiras de encurtar a vida dos frágeis e idosos para preservar recursos para aqueles com futuro mais promissor. Seus pontos de vista sobre outros temas controversos, como o quanto a Segunda Emenda se aplica ou se o aborto deve ser legal, são menos conhecidos.

Gorsuch não teve muito a dizer sobre o aborto, nem em seu livro, nem como juiz do tribunal de apelações federal. No entanto, ele observou no livro da decisão sem precedentes de aborto do Supremo Tribunal, Roe v. Wade, “um feto não se qualifica como uma pessoa”.

Ainda assim, Gorsuch tem credenciais acadêmicas quase irrepreensíveis, tendo frequentado Columbia University, Harvard Law School e Oxford University. Em seus escritos e palestras, Gorsuch apresenta-se como um “juiz workaday (trabalho diário)”, vestindo um “honesto, sem adornos, poliéster preto” vestes de uma loja de uniforme.

Embora a posse de Neil Gorsuch no cargo de juiz do Supremo Tribunal tenha gerado diversas críticas, ele segue até o momento cumprindo com o seu trabalho desde o dia 10 de abril 2017, dia em que fez o juramento a Constituição dos EUA.

 

Consumir refrigerante diet aumenta em quase três vezes o risco de ter um AVC

 

Imagem relacionada

Um novo estudo publicado pela revista científica Stroke, revelou que quem consome refrigerante diet com certa frequência, eleva o risco de sofrer um derrame ou de desenvolver a demência. A descoberta foi uma realização da Universidade de Boston, e chama a atenção para um assunto muito sério, os malefícios das coisas que consumimos no dia a dia.

Além do refrigerante diet, a pesquisa revelou que todos os tipos de bebida que levam adoçantes artificiais na composição, oferecem um aumento no risco de desenvolver essas doenças. Essas bebidas já são associadas há muito tempo com diversas doenças, desde as mais graves, as crônicas que todo mundo já se acostumou, como a diabetes.

No caso do refrigerante diet, os cientistas descobriram que consumir apenas uma lata por dia, já é o suficiente para aumentar o risco em quase três vezes de um AVC ou demência. Eles observaram dados de pessoas que consumiam a bebida e compararam com aqueles que não consumiam. Segundo os dados, quem consumia uma lata de refrigerante diet todos os dias, aumentou em 2,96 vezes o risco de ter um AVC. No caso da demência, o risco aumentou para 2,89 vezes.

Eles fizeram o mesmo estudo com os refrigerantes normais, e eles apresentaram um risco menor que o refrigerante diet. No entanto, é importante lembrar que os refrigerantes, assim como algumas bebidas industrializadas com adoçantes artificiais, também apresentam diversos riscos para a saúde. Esses alimentos estão associados ao aumento do número de pacientes com diabetes, colesterol, e até mesmo o câncer.

A pesquisa foi realizada através de dados fornecidos pelos voluntários sobre seus hábitos alimentares. Ao todo foram questionadas quatro mil pessoas, entre adultos e idosos. O questionário foi desenvolvido e estudado pela Framingham Heart Study, um projeto de estudo desenvolvido pela Universidade de Boston, para estudar doenças cardiovasculares e a ligação entre a alimentação.

Os dados analisados no questionário falam sobre a quantidade de refrigerante diet que o participante consomiu ao longo de sua dieta, entre os anos de 1991 e 2001. Feito isso os pesquisadores compararam os dados com o número de pessoas que sofreram derrame ou tiveram algum quadro de demência no período de dez anos. Dentre o período estudado pelos pesquisadores, 97 pessoas tiveram AVC (desse total, 82 foi do tipo isquêmico), e 81 pessoas apresentaram sintomas de demência (cerca de 63 desse total foi compatível com o Mal de Alzheimer).

Para uma análise mais precisa, os pesquisadores usaram dados sobre a dieta dos participantes e sobre alguns hábitos, como tabagismo e atividades físicas. Ainda assim, aqueles que consumiam diariamente o refrigerante diet apresentou mais risco de ter um AVC do que uma pessoa sedentária que não consome refrigerante algum. Além do refrigerante, os consumidores devem ficar atento a tudo que consomem, pois a maioria das doenças de hoje, são movidas aos novos hábitos alimentares incorporados na sociedade.

 

Conheça o sistema e-governe, uma ótima ferramenta para gestão de governo

O sistema e-governe tem como finalidade trabalhar a gestão de todos os órgãos que compõem a administração pública, sendo possível agilizar o atendimento de reivindicações da população, identificar problemas e monitorar os serviços que são prestados para a sociedade. O processo visa obter o nível máximo de conhecimento e maturidade acerca do governo. Dessa forma, é uma ferramenta que proporciona interação entre governo e população.

O sistema possui uma estrutura que combina tecnologia e design, com uma navegação ágil, simplificada e intuitiva. E outra facilidade é a forma de utilização, que pode ser feita por navegadores de internet e também em dispositivos móveis. Com relação à segurança, o usuário pode ficar tranquilo, pois todo o sistema trabalha com módulos de segurança que permite o controle total de acesso, além de possibilitar a consulta do histórico de operações realizadas e possuir algoritmos de criptografia de acesso.

Diante de tantas vantagens que o sistema oferece, a prefeitura de Teresina, Piauí, promoveu um treinamento para acelerar a implantação das ferramentas do e-governe. Tudo foi planejado pelo Instituto Curitiba de Informática – ICI. O principal objetivo do produto é melhorar a gestão de recursos humanos, bem como ampliar o sistema para melhorar o atendimento ao público. Com isso, o sistema pode trazer diversas utilidades, como o acolhimento das dificuldades enfrentadas pela população, análise de sugestões e monitoramento de todos os serviços prestados pelo município.

Outra importante função do sistema é denominada e-governe ISS, programa de emissão das notas fiscais eletrônica que foi instituído no município de Osasco, São Paulo. Com efeito, o sistema permite aos prestadores de serviço do município escriturar seus documentos fiscais, emitir notas fiscais eletrônicas e lançar guias de pagamento e livros fiscais. E, conforme a legislação vigente de Osasco, o e-governe integra funções de gerenciamento de ISS, assim como de Notas Fiscais Eletrônicas, o que contribui ainda mais para seus usuários.

Dessa feita, com a instalação do programa, é possível prever e controlar todas as emissões de notas fiscais por meio da internet. Isso se torna bastante proveitoso, tendo em vista que permite aos prestadores e tomadores recuperarem e emitirem segundas vias das notas fiscais onde quer que esteja. E tem mais benefícios, como: a emissão de nota fiscal a qualquer momento e de qualquer lugar que tenha conexão de internet, a possibilidade de impressão ou visualização de segundas vias sempre que necessário, a desnecessidade de armazenar as cópias de notas fiscais, a confidencialidade e veracidade das informações, asseguradas pelos serviços de segurança do sistema e que evita extravio de informações e falsificações de notas, dentre outros.

Por fim, o sistema e-governe conta com uma equipe técnica qualificada para a prestação de suporte técnico e operacional em todas as áreas da gestão pública. Além disso, o sistema também fornece serviços de hospedagem, processamento, armazenamento e monitoramento de sistemas em ambiente tecnológico próprio. Tudo isso está disponível para áreas de saúde, educação, tributos, financeiro, matérias, pregão, contratos, obras, veículos, patrimônios, recursos humanos, atendimento, protocolo, documentos e indicadores. São muitas opções para implantar esse eficiente sistema de gestão.

Cientistas criam pulseira capaz de detectar diabetes e fibrose cística através do suor

Atualmente há um grande número de aparelhos médicos que servem para controlar a frequência cardíaca, para medir a atividade do sono, e até mesmo para contar as calorias que o corpo gasta, mas todos eles tendem a se concentrar em parâmetros físicos que fornecem apenas informações limitadas sobre a nossa saúde. Agora, uma equipe de cientistas desenvolveu um dispositivo que, através do suor, pode detectar doenças como a fibrose cística ou diabetes.

Pesquisadores da Escola de Medicina da Universidade de Stanford (EUA) criaram um dispositivo, semelhante a uma pulseira, que provoca e recolhe o suor de forma não invasiva. Depois mede sua composição molecular e envia os resultados eletronicamente para uma análise que fará o diagnóstico subsequente do paciente. O estudo foi realizado em colaboração com a Universidade da Califórnia-Berkeley (EUA). Os especialistas, cujo trabalho foi publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS, realizaram dois estudos diferentes com o sensor.

Os cientistas determinaram que a pulseira pode ser útil para detectar doenças tais como fibrose cística, uma condição que causa o acumulo de muco nos pulmões e pode ser detectado por níveis elevados de íons de cloreto na transpiração de uma pessoa. Além disso, eles têm usado este dispositivo para comparar os níveis de glicose no sangue e no suor, sendo assim, o dispositivo também consegue identificar o diagnóstico de diabetes.

O dispositivo é uma grande fonte de informação e também de fácil acesso para diversas aplicações, explicou o pesquisador Ronald Davis em um comunicado. O sensor, que adere à pele, estimula as glândulas sudoríparas e, assim, detecta a presença de diferentes moléculas e íons com base nos seus sinais elétricos. Dessa forma, quanto mais existe cloreto no suor, mais tensão ocorre no sensor.

Durante o estudo, o sensor detectou um elevado teor de eletrólitos no suor de três doentes com fibrose cística, em comparação com os seis pacientes saudáveis. Além disso, eles também detectaram níveis elevados de glicose no suor em seis dos sete pacientes saudáveis após terem consumido oralmente uma quantidade de glicose.

Até agora, os métodos convencionais para o diagnóstico da fibrose cística, necessitam que o paciente dirija-se até um centro especializado e realize um procedimento que dura cerca de 30 minutos para realizar a estimulação. Feito isso é recolhido uma amostra e é feito uma análise de suor para investigação. Este processo costuma ser algo particularmente problemático quando aplicado em crianças ou em locais remotos.

O novo dispositivo é durável e pode trabalhar com um telefone inteligente, que envia as medições para uma nuvem e recebe os resultados, que é revisado por um pessoal qualificado. Além do diagnóstico, o dispositivo também pode ser útil no desenvolvimento de medicamentos e personalização. A fibrose cística é causada por qualquer um das milhares mutações que podem afetar o gene CFTR, e com este dispositivo, também seria possível determinar quais os fármacos que mais funcionam para cada mutação.

Agora, a equipe trabalha para determinar e encontrar outras ligações entre as medidas do suor e da saúde. Com isso, eles pretendem integrar o dispositivo em um relógio inteligente, ou em um formato similar, para que ele possa ser acessado por uma população mais ampla. A investigação científica tem indicado que isso vai além do desenvolvimento de um dispositivo, porque é “uma nova forma de compreensão da saúde”.

 

Fracasso no ocidente Vigilante do Amanhã faz sucesso no Japão

Image result for Fracasso no ocidente Vigilante do Amanhã faz sucesso no Japão

Uma das grandes apostas par o cinema do ano de 2017 e também a primeira grande polêmica do cinema neste mesmo ano, o filme Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell, teve um primeiro final de semana fraquíssimo, arrecadando apenas 19 milhões no seu primeiro final de semana.

Entre polêmicas e ser um filme considerado de como temática de nicho, o filme que fracassou no ocidente, podendo dar um prejuízo de 60 milhões ao estúdio, no entanto, funcionou muito bem no Japão, país de origem da versão original, e vem arrecadando cada vez mais por lá.

A polêmica que não incomodou o público oriental

O the hollywood Reporter, empresa de grande nome entre a mídia especializada, resolveu entrevistar espectadores e fãs japoneses sobre o filme e a polêmica do embranquecimento, no entanto os entrevistados aparentemente não apenas gostaram do filme como não viram a escalação de atores como um problema. E isso pode ser notado também pelas notas da crítica japonesa e a arrecadação naquele país.

O embranquecimento, é um termo usado para quando a produção do filme escala norte-americanos caucasianos para interpretar papeis de personagens que originalmente seriam de outras etnias, como a japonesa da personagem principal original de Ghost in the Shell.

Outro clássico das animações japonesas dos anos 80 que teria uma versão hollywoodiana, esta que por sua vez foi cancelada no em 2016 foi o filme Akira, também cultuado pelo enredo complexo e profundo, da mesma linha das produções como Ghost in the Shell (versão original). No entanto não houve uma resposta clara sobre o motivo deste filme ter sido cancelado.

Concorrência pesada

O estúdio atribui a situação da produção à polêmica do embranquecimento, ou Whitewashing, mas também foram apontados o fator das críticas e concorrência, já que o filme estreou na mesma semana que A Bela e a Fera, que além de ser um clássico ocidental conhecidíssimo, contava com o carisma que Vigilante do Amanhã não teria no Ocidente.

O futuro das versões Hollywoodianas

Diante do cancelamento repentino de uma produção e do considerado fracasso de Vigilante do Amanhã, fica incerto o destino das versões norte americanas de filmes e animações japonesas refeitas em solo americano.