Consumo de alimentos congelados aumentou no Brasil

 

Resultado de imagem para alimentos congelados

Segundo um estudo publicado recentemente, o Brasil é o país da América Latina em que os consumidores mais consomem alimentos congelados. O estudo aponta que o motivo pelo qual 61% dos brasileiros consomem alimentos congelados está na preferência por algo prática, simples e rápido e cozinhar. O mesmo estudo indica que as marmitas e os menus pré-concebidos são as escolhas preferidas pelos consumidores que efetuaram o estudo. Além destes fatores, a qualidade da alimentação ter melhorado consideravelmente foi outro fato determinante para conquistarem as preferências dos brasileiros.

A pesquisa foi realizada pelo Ibope Brasil Food Trands 2020 e traz dados concretos sobre o estilo de vida dos brasileiros. O estudo dividiu os intervenientes em três classes distintas e igualitárias (todas as classes tinham 33% dos intervenientes), tinham um emprego com duração máxima diária, e por isso, os intervenientes reclamaram a falta de tempo para se dedicar a tarefas domésticas ou alimentares, optando por opções mais práticas e rápidas. Outro estudo, agora realizado pelo Consumer Watch Express Shopper, indica que mais de metade dos brasileiros (61%) preferem consumir este tipos de refeições.

A verdade é que com o passar do tempo e à medida que o ritmo das vidas da sociedade brasileira foi aumentando, estes tipos de ofertas alimentares passaram a ganhar a sua posição no mercado alimentar. Este tipo de comportamento alimentar que era apenas visto nas classes mais abastadas, acabou por se alastrando às restantes classes sociais, principalmente nas metrópoles ou grandes cidades brasileiras onde o papel da mulher ganhou uma maior notoriedade e necessidade.

A entrada das comidas congeladas no cardápio brasileiro levou a uma consequente mudança nos hábitos alimentares das pessoas intervenientes e nas indústrias que produzem os alimentos como os setores de atacado ou varejo. Neste momento, a aposta destes setores passa por encontrar alternativas para oferecer o seu produto com a melhor qualidade possível e que seja fácil de serem preparados para uma pessoa ou para a sua família. Outra pesquisa realizada pela Associação Brasileira das Industrias de Alimentação refere que a estimativa da receita total que o mercado alimentar recebe dos alimentos congelados prontos para consumir ultrapassou os 7 bilhões de reais há seis anos atrás. Já outro tipo de forma de preparação alimentar como o foodservice lucrou perto de 100 bilhões de reais no ano de 2012.

Segundo o que estes dados apontam estamos perante um negócio em clara evolução. Este estudo refere que mais de duas centenas de cidades do Brasil ainda não têm este tipo de comportamentos incorporados no seu estilo de vida da classe média brasileira, contudo outro dado que é irrefutável e que ajuda a compreendera dimensão do negócio no Brasil é o fato dos brasileiros estarem a dispender mais dinheiro e tempo em comer fora de casa.